Notícias

Publicidade

QUARTA, 01 DE MARÇO DE 2017 | POR: ALESSANDRA BACELAR

NOTA DE PESAR

Foto: Divulgação

(Ilustração | Sindjor/TO)

Nota de Pesar

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (SINDJOR-TO) recebeu com tristeza e consternação a informação da morte do jornalista Iberê Barroso, aos 83 anos. Ele estava no Tocantins desde 1989, trabalhou na assessoria de comunicação de vários órgãos e ajudou a divulgar o novo Estado pelos quatro cantos do país.

Foram quase 50 anos dedicados ao jornalismo. Ganhador de dois prêmios Esso, se orgulhava de ter passado pelo “Pasquim” e de ter convivido de perto com os dias de terror da ditadura. Veio para o Tocantins logo após a criação do Estado e ajudou a desbravar o que hoje é a capital Palmas. Se encantou com as belezas locais, e fez de Taquarussu sua grande bandeira. Era o carioca mais tocantinense que já se viu por aqui.

Recebia a todos com carinho, adorava uma prosa, trabalhar no seu ofício e compartilhar conhecimentos, tanto é que possui um grande acervo de livros em sua casa. Se despede da vida deixando saudades naqueles que tiveram a oportunidade de convívio e de ouvir suas histórias e risadas.

A Diretoria

    Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros - alterado 5Jornalistas por FormaçãoJornalista de Verdade tem Identidade