Notícias

Publicidade

QUINTA, 08 DE MARÇO DE 2018 | POR: MARIA JOSé COTRIM/GAZETA DO CERRADO

Mulheres Jornalistas relatam desafios de atuação no Tocantins

Foto: Priscila Guardiola/Precisa Ascom

(Ilustração | Sindjor/TO)

Mulheres Jornalistas relatam desafios de atuação no Tocantins

Jornalistas do Tocantins expuseram os desafios do exercício da profissão para as mulheres no Estado na noite desta quinta-feira, 8, durante programação da Semana da Mulher Jornalista, organizada pelo Sindjor, representada pela presidente, Alessandra Bacelar.

Num momento de troca de experiências com alunos da UFT, as jornalistas contaram episódios marcantes da atuação no Estado.

O debate começou com a jornalista Maria José Cotrim e editora do Portal Gazeta do Cerrado que fez um panorama da representatividade e identidade das mulheres no exercício da profissão, nas Redações, por exemplo. “Ainda temos que lutar para manter nossa identidade e principalmente sempre mostrar que somos competentes. É preciso lutar contra o assédio e pelo respeito”, disse.

Em seguida, um dos maiores nomes do telejornalismo do Tocantins, Jocyelma Santana falou do histórico da atuação das mulheres e relembrou quando elas tinham que se vestir de homens para exercer a profissão.

“Infelizmente ainda existem situações nas quais temos que nos superar e provar isso todos os dias”, disse a jornalista Graziela Guardiola, empreendedora da comunicação no Estado.
Com 34 anos na atuação no Jornalismo, Roberta Tum, Editora Geral do Portal T1 Notícias, falou um pouco da sua trajetória. Ela que é pioneira no Webjornalismo no Tocantins afirmou: “Para a mulher vai ser sempre muito mais difícil mas temos multifunções e estamos aí para conquistar cada dia mais”, disse. Ela incentivou os estudantes presentes a buscarem a área do Jornalismo que gostam para atuarem.

A jornalista que atua na área sindical, Núbia Martins também citou os desafios deste novo nicho de atuação das mulheres no Estado.
As profissionais falaram da necessidade das mulheres não se calarem diante de alguns episódios de assédio moral e de não abrirem mão de ocupar os espaços na área de Jornalismo por eventuais intimidações. ” Abraçamos uma posição difícil mas vamos ser fortes e superar os desafios”, finalizou a presidente do Sindjor após as falas.

O evento teve um momento musical com a cantora Késia. 

    Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros - alterado 5Jornalistas por FormaçãoJornalista de Verdade tem Identidade